Dicas de Viagem: Okinawa

Viagem de 5 dias e 4 noites realizada em Julho de 2017, durante o verão no hemisfério norte.

Visto

Brasileiros precisam de um visto de turismo que vale por até 3 meses de estadia para visitar o Japão e custa algo como 97.00BRL para entrada simples. Se você não é brasileiro, verifique a necessidade de visto através dessa lista

Como Chegar

O voo foi escolhido pelo SkyScanner, partindo de Nagoya pela Jetstar pelo valor aproximado de 20,000.00JPY, com duração de menos de duas horas, pousando no aeroporto de Naha.
Para sair do aeroporto você pode escolher pegar o monotrilho Yui, ônibus ou táxi. Dependendo do número de pessoas e da distância para o hotel, talvez valha a pena pegar um táxi.

Acomodação

O hotel escolhido para essa viagem através do Booking foi o Loisir Maha Hotel, próximo à estação Asahibashi do monotrilho e próximo ao porto. Foi escolhido por dois fatores: custo x benefício e localização. O hotel é muito agradável e oferece quartos duplos a partir de 91.00USD. Ele tem uma excelente piscina de ondas em forma de borboleta, conta com quatro restaurantes, inclusive um na cobertura de onde é possível tomar drinks apreciando o belíssimo por do sol, além de spa e piscina interna aquecida. O salão do café da manhã tem muitas opções e o salão é enorme. O hotel ainda conta com um duty free shop, padaria, loja de conveniência, uma joalheria e espaço kids (limitado a livros).

Para chegar ao hotel basta pegar o monotrilho até a estação Asahibashi por 260.00JPY, depois um táxi da estação até o hotel que custa algo como 550.00JPY.
Outra opção é pegar um táxi do aeroporto direto para o hotel, o que deve custar algo como 1,500.00JPY.

Primeiro Dia

Após acomodação no hotel, aproveite o resto da luz do dia para fazer um passeio e vá ao Shurijo Castle. A entrada custa 820.00JPY.

Pegue um táxi desde o hotel até o castelo por aproximadamente 1,400.00JPY. Uma opção é pegar o monotrilho na estação Asahibashi com destino à estação Shuri e descer nessa estação ou na Gibo. O valor é algo como 300.00JPY e é necessário caminhar por aproximadamente 15 minutos.

O castelo foi construído entre os séculos XIII e XIV; e entre 1429 e 1879 foi o palácio do reino de Ryukyu, hoje conhecido como Okinawa. Foi parcialmente destruído em 1945 durante a batalha de Okinawa. A visita interna ao castelo vale muito a pena, onde você pode observar obras de arte, jardins com bonsais e até a sala real.
A sugestão de jantar para esse dia é no restaurante Hanafu, que fica no próprio hotel e oferece comida local.

Segundo Dia

Se você gosta de mar azul e praias com poucas pessoas então você está no lugar certo para pegar dicas! Um grupo de ilhas de Okinawa chamado de ilhas Kerama é conhecido pela cor do seu mar (os japoneses às vezes se referem ao azul como azul de Kerama) e pela beleza de suas praias.


Após café da manhã no hotel, pegue um táxi e vá ao porto de Tomari para pegar um ferry com destino à ilha Zamami.

Uma dica importante é, mesmo que um pouco mais caro, fazer reserva para o ferry rápido Queen Zamami III, que leva 50 minutos para chegar à Zamami. As reservas podem ser feitas através do telefone +81 98 868 4567. Eles tem suporte em Inglês. A viagem de ida e volta custa algo como 6,000.00JPY.

Outra dica importante é sempre verificar a previsão do tempo antes de embarcar. Às vezes você pode ficar na ilha em caso de algum typhoon.

Chegando à ilha, uma das melhores praias é a Furuzamami. Um dos mares azuis mais lindos do mundo e com excelente visibilidade, além da água não ser fria! Ela tem areia branca, barracas oferecendo para-sóis para alugar e equipamento para snorkel para alugar (é ótima para fazer snorkel pois existem muitos corais e vida marinha lá), além de ter um restaurante com várias opções para o almoço. Para chegar a essa praia, basta pegar um ônibus que para no porto de Zamami. A passagem custa 300.00JPY.
Na hora do almoço suba para um dos restaurantes na barraca e escolha sua opção. Álcool não é vendido por se tratar de uma área de conservação e para evitar acidentes na praia ou no mar.

Se quiser aproveitar alguma outra praia da ilha após o almoço você pode seguir para alguma que seja coberta pela linha de ônibus. A Asa beach e a Ama beach são bem recomendadas pelo bureau de turismo da ilha, que fica no próprio porto. Na Ama beach, durante a maré alta, é possível ver tartarugas durante seu snorkel.

Após um relaxante dia nesse paraíso terrestre, retorne à Naha pelo mesmo ferry. A viagem dura os mesmo 50 minutos. Chegando ao porto de Tomari pegue um táxi para retornar ao hotel.

Após dar uma descansada no hotel, é hora de ir conhecer a Kokusai Dori. Se quiser ir caminhando é algo como 20 minutos do hotel. Caso contrário pegue um táxi que deve dar menos de 1,000.00JPY.

O jantar pode ser na própria Kokusai em um restaurante de comida local muito agradável chamado Hateruma Restaurant, que além da comida oferece apresentações de 30 minutos com um grupo tocando e dançando música local. Para isso você precisa dizer que quer ir ao segundo andar do restaurante.

Terceiro Dia

Após o café da manhã no hotel, vá até a estação Asahibashi e por baixo dela, na altura da rua, você encontrará várias estações de ônibus. Compre uma passagem de ida e volta com desconto por 2,400.00JPY do ônibus linha 117 para ir ao Churaumi Aquarium. A viagem dura algo como 2 horas e o ônibus é refrigerado.

Chegando ao complexo do aquário, você deve caminhar pelas esteiras rolantes até encontrar a entrada à sua direita, após uma fonte de água. A entrada do aquário custa 1,850.00JPY e dá direito a ver todos os tanques, ao show dos golfinhos e a uma mini-foto que é tirada logo na entrada.

O aquário é considerado um dos maiores do mundo e conta com um tanque gigante com tubarões-baleias e arraias, entre vários outros peixes. Existe um tanque dedicado para tubarões de várias espécies, contando com o tigre e o martelo. 
Após a visita interna, não deixe de visitar os tanques externos com peixes-bois marinhos, tartarugas e o incrível e imperdível show dos golfinhos.
A sugestão de almoço para esse dia é em algum dos restaurantes do complexo. A dica é que o restaurante lá de cima, mais próximo à entrada, é o que fica menos cheio.

Se tiver tempo, fôlego e se preparado para um eventual mergulho no mar, não deixe de visitar a vizinha e belíssima Emerald Beach.


Para retornar à Naha, você vai precisar das mesmas 2 horas no ônibus 117.


Após descanso, a sugestão é jantar no restaurante Yume Sushi, que fica próximo ao hotel, tem comida deliciosa e custo x benefício excelente. Não deixe de fazer reserva, pois se trata de um restaurante muito disputado.

Quarto Dia

O quarto dia é dia novamente de navegar no mar. Após café da manhã no hotel, pegue um táxi e vá novamente ao porto de Tomari para pegar o mesmo ferry Queen Zamami III, agora com destino à ilha Aka.

Não esqueça de fazer reserva. As reservas podem ser feitas através do mesmo telefone +81 98 868 4567. A viagem de ida e volta também custa algo como 6,000.00JPY, porém leva 20 minutos a mais por causa da parada em Zamami.

A ilha Aka é a que conta com menos infra-estrutura dentre as 3 ilhas Kerama. Não existe ônibus para se locomover nem táxis, portanto o ideal é alugar bikes e pedalar até Nishihama beach. A diária do aluguel é algo como 700.00JPY.
Com relação à alimentação, existem algumas opções de barracas em Nishihama, assim como existem alguns restaurantes espalhados pela ilha. Fica a seu critério comer por lá ou se abastecer de snacks na praia e esperar até o retorno à Naha.

Se tiver tempo e marcar com antecedência, você pode mergulhar com a operadora Seasir, que oferece mergulhos em sites incríveis em qualquer lugar das ilhas Kerama. Estando lá, fica mais barato que contratar um mergulho em Kerama saindo de Naha.


Caso não opte pelo mergulho, você consegue praticamente visitar todas as praias da ilha com sua bike.

Após mais um maravilhoso dia nessas ilhas fantásticas, retorne à Naha pelo mesmo ferry. A viagem durará aproximadamente 70 minutos. Chegando ao porto de Tomari pegue um táxi para retornar ao hotel.


Caso tenha segurado a fome em Aka, almoce no hotel e depois vá curtir a piscina com ondinhas. Ou eventualmente relaxar no spa do hotel.


Mas antes do sol se por, suba ao 12º andar para tomar um cocktail e apreciar uma belíssima despedida do sol nesse dia.


Para jantar, existem restaurantes bem legais ao redor do hotel. A sugestão é o italiano Bambino, que serve espumantes e uma deliciosas pizzas. Mas existem outras opções, inclusive de comida local.

Quinto Dia

O quinto e último dia é de curtir um pouco mais a piscina do hotel de forma mais calma, aguardando o checkout às 11h da manhã.

Se ainda tiver energia, você pode optar por visitar o Former Navy Headquarters Underground, uma base militar secreta da marinha japonesa durante a II Guerra, onde é ainda é possível ver nas paredes marcas da guerra. A entrada custa 440.00JPY, a visita guiada dura em média 40 minutos e para chegar lá basta pegar um dos ônibus das linhas 98 ou 55 na estação Asahibashi e desça na estação Uerabu Danchi Mae (os ônibus indicam num painel em cima do motorista qual é a próxima estação) e caminhe por 5 minutos até o local.

Se essa não é sua intenção, então pegue as malas e já vá em direção ao aeroporto e pare no meio do caminho para fazer compras no Aeon Mall Oroku. Lá, se você é apreciador, você pode encontrar diversos souvenirs, inclusive cervejas artesanais locais, como a Sango Beer e Helios Beer a preços módicos e em packs prontos para levar no avião. Basta pedir a um dos vendedores.

Fim de viagem!

Dicas Extras

Se você tiver mais tempo, também pode vistar a ilha Tokashiki, que faz parte das ilhas Kerama

Uma outra alternativa, para evitar que pagar diariamente os ferries, é ficar hospedado em uma das ilhas Kerama. Tokashiki parece ser a que oferece mais estrutura, sendo Zamami a segunda com melhor estrutura e Aka com pouca ou nenhuma.

Um passeio que pode valer a pena também, caso não queira ir tão longe, é ficar na ilha Nagannu, que fica a apenas 10 minutos de Naha em ferry rápido. Lá é possível dormir nas cabanas, mas se você tiver crianças pequenas elas não são autorizadas a dormir.

Faça uma boa viagem!

Receba roteiros incríveis do Blog do Papito



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas de Viagem: Nagoya

Dicas de Viagem: Kansas City e Redondezas